Depois de mais de um mês, volto.

Não foi preguiça, viagem ou trabalho (infelizmente). Fiz uma cirugia. Retirada de nódulos. Essa é terceira vez que passo por uma cirurgia como essa. Foi a primeira vez que “balancei”. Mas a força de todos os que convivem comigo, me mostrou que sou uma pessoa querida e isso foi muito importante. Percebi que o mais importante é bancar o bambu que enverga mas não quebra…

A todos os amigos, o meu carinho e a todas as pessoas que se preocuparam comigo e me envolveram em orações e pensamentos positivos, o meu beijo e acima de tudo a minha imensa gratidão!!

“A luta continua.”

Anúncios