fringe11yt7
Bom, pra início de conversa eu tô gostando de Fringe. A abertura é hype (fala sério, a abertura é melhor que a série).
As piadinhas-alivio-cômico do Pacey são ok. Tudo bem que ele não sabe ser muito irônico. Ma va bene!
Eu me amarro no coroa e quando ele pede comida no meio de uma coisa nojenta, eu gargalho.
A agente Olivia é que estraga o núcleo central. Ela é da linhagem dos caras de porta(cigano Igor, Ryan de OC e outros). O que quer que aconteça, eles são incapazes de desfazer tal semblante.
Quando ela no primeiro epi ficou de biquíni, eu já sabia que não vinha coisa boa dali (nós mulheres temos este sexto sentido). A parada continuou e tem alguns epis (acho que é o 14 que ela usa biquíni mais de uma vez).
Ah, eu não acredito que o Keen Eddie seja bandido. Isso eu deletei da minha memória. Além de não ter tido final no Keen Eddie, o cara vira bandido? Ninguém merece!!
Principais pontos que parecem com Arquivo X:
– Olivia é seqüestrada.
– Ela tem um caso com um colega de trabalho (antes do Mulder, a Scully teve um caso com 2 professores no FBI).
– Ela não tem vida pessoal, a não ser quando está com a afilhada (a Scully tinha um afilhadO).
– Olivia também tem alguém no pé dela, um chefe pé no saco que restringe suas investigações.
– Seu pai também era da Marinha (como o pai da Scully).
Hoje em dia é praticamente impossível escrever popularmente pra TV sem usar clichês e Fringe faz um bom uso deles.
O único problema é que daqui a pouco o JJ sai e o seriado fica sem pé nem cabeça. Aconteceu com Felicity e depois Alias (Lost eu só assisti a primeira temporada, então não posso falar).
Enquanto isso não acontece, vamos curtindo.

Anúncios